Jovem que estava desaparecida é a segunda vítima portuguesa do atentado em Barcelona

© SputnikCarros da polícia de Barcelona perto do local onde várias pessoas foram atropeladas
Carros da polícia de Barcelona perto do local onde várias pessoas foram atropeladas - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Menina de 20 anos que estava desaparecida é a segunda vítima portuguesa do ataque terrorista ocorrido em 17 de agosto em Las Ramblas, local turístico de Barcelona.

Polícia perto Las Ramblas, local turístico onde em 17 de agosto ocorreu um atentado terrorista, Barcelona, 18 de agosto de 2017 - Sputnik Brasil
Uma portuguesa está entre vítimas do atentado de Barcelona
Ontem, o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas informou que entre os mortos confirmados havia uma mulher portuguesa de 74 anos. A mulher estava acompanhada pela sua neta, que até hoje era considerada como desaparecida, e chegou a Barcelona cinco horas antes de a van ter atropelado as pessoas em Las Ramblas.

De acordo com o Observador, a informação sobre a morte da menina foi confirmada pelo primeiro-ministro, António Costa, na manhã deste sábado (19).

Uma van atropelou dezenas de pessoas no centro de Barcelona na quinta-feira, 17 de agosto, deixando 14 pessoas mortas e mais de 50 feridos. Mais tarde, a 120 km de Barcelona, em Cambrils, um carro atropelou um grupo de pedestres. O ataque, que foi considerado como atentado terrorista, resultou em 7 feridos, um deles com lesões gravíssimas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала