202 povoados japoneses se preparam para possível ataque de mísseis norte-coreanos

© REUTERS / KCNAMíssil balístico da Coreia do Norte
Míssil balístico da Coreia do Norte - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Oito prefeituras japonesas passaram por treinamentos que visaram verificar o funcionamento do sistema de alerta em situações de emergência caso a Coreia do Norte lance um míssil balístico.

De acordo com canal NHK, os treinamentos abrangeram 202 povoados. Em algumas prefeituras foram detectados defeitos no sistema de alerta: transmissão de sinal extemporâneo ou texto interpretado de modo errado. Por exemplo, nas prefeituras de Shimane e Okayama o texto foi recebido escrito em símbolos impossíveis de ler. As autoridades estão estudando as causas das falhas.

Um bunker nuclear (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Demanda por bunkers antinucleares aumenta bruscamente no Japão
A Coreia do Norte declarou oficialmente que, em caso de lançamento de mísseis balísticos Hwasong-12 contra Guam, eles sobrevoarão as prefeituras japonesas de Shimane, Hiroshima e Kochi. No entanto, as autoridades japonesas decidiram realizar treinos nas zonas coincidentes com toda a possível trajetória dos mísseis.

Na semana passada, Pyongyang prometeu concluir até o fim de agosto um plano para lançar quatro mísseis de alcance intermediário na direção da ilha de Guam, no Oceano Pacífico, que abriga bases militares dos EUA. A ideia fez aumentar as tensões entre os dois países.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала