Terroristas planejavam ataque ainda maior, diz polícia espanhola

© AP Photo / Oriol DuranAtentado terrorista em Barcelona em 17 de agosto de 2017
Atentado terrorista em Barcelona em 17 de agosto de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A polícia da Espanha afirmou que os terroristas que atacaram o país planejavam um atendado ainda maior do que o executado. Ao todo, o ataque matou 14 pessoas e deixou mais de 100 pessoas feridas.

Um italiano de 35 anos está entre as vítimas. Ele foi atingido na frente de sua esposa e filhos em Barcelona quando um motorista atropelou dezenas de pessoas no centro da cidade, antes de fugir a pé.

A polícia afirma que matou cinco "suspeitos de terrorismo" responsáveis por outro atropelamento, na cidade de Cambrils, em um segundo ataque na madrugada de sexta-feira. Além disso, outros quatros suspeitos foram presos. 

A polícia catalã identificou três dos suspeitos que foram mortos como cidadãos marroquinos. Eles eram Moussa Oukabir, 17, Said Aallaa, 18, e Mohamed Hychami, 24.

A suspeita é que há 12 pessoas envolvidas nos episódios terroristas:os cinco que foram mortos, quatro que foram presos e três que foram identificados, mas que ainda não foram capturados. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала