Força Aeroespacial russa aprende 'novos métodos de atacar alvos' na Síria

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensCaça Su-30 realizando pouso na base aérea de Hmeymim
Caça Su-30 realizando pouso na base aérea de Hmeymim - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O processo de treinamento de pilotos russos foi modificado tendo em consideração a experiência ganha pelos militares russos na Síria, disse o comandante-chefe da Força Aeroespacial da Rússia, Viktor Bondarev.

O militar sublinhou que, graças à experiência obtida na Síria, as forças russas aprenderam "novos métodos de atacar grandes alvos", disse.

"É uma experiência muito valiosa que apreciamos muito e que vamos aplicar no futuro", afirmou.

Bandeiras da Rússia e da Síria no convés do porta-aviões russo Admiral Kuznetsov no Mediterrâneo - Sputnik Brasil
Áreas livres de terrorismo na Síria aumentaram em 2,5 vezes graças à Rússia
O comandante-chefe também disse que a modernização do sistema de reconhecimento continuaria e que recentemente a Força Aeroespacial da Rússia tinha recebido mais de 100 aviões e cerca de 300 helicópteros.

Bondarev sublinhou que uma parte dos pilotos russos permanece na Síria, assegurando a ordem constitucional e cumprindo o dever internacional.

"Graças à Força Aeroespacial da Rússia, a ordem será restabelecida. A espinha dorsal do banditismo internacional será quebrada", declarou.

Ele também acrescentou que, com seu trabalho militar e dedicação, os pilotos estão fazendo história.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала