Secretário de Estado dos EUA: 'Coreia do Norte não representa ameaça imediata'

© REUTERS / Sergei KarpukhinO secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, ajusta seus óculos durante uma entrevista coletiva com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, depois de suas conversas em Moscou
O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, ajusta seus óculos durante uma entrevista coletiva com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, depois de suas conversas em Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Coreia do Norte não representa uma ameaça imediata para os Estados Unidos, afirmou o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, em uma entrevista na quarta-feira.

"Eu acho que o presidente queria apenas ser claro com o regime norte-coreano da capacidade inquestionável dos Estados Unidos de se defender e de defender seus aliados", disse Tillerson à CNN a bordo de um avião a caminho de Guam. "Eu não acredito que haja alguma ameaça iminente na minha opinião".

John McCain, senador dos EUA - Sputnik Brasil
Senador McCain sobre ameaças de Trump à Coreia do Norte: está sempre exagerando tudo
Na terça-feira, o presidente Donald Trump advertiu a Coreia do Norte para não fazer mais ameaças contra os Estados Unidos ou Pyongyang enfrentará "fogo e fúria" como o mundo nunca viu.

A Coreia do Norte anunciou na quarta-feira que estava considerando ataques de mísseis balísticos perto da ilha do Pacífico ocidental de Guam, onde várias bases militares dos EUA estão localizadas.

A declaração de Trump ocorreu quando a mídia informou que a inteligência dos EUA avaliou que a Coreia do Norte produziu uma ogiva nuclear miniaturizada. A Coreia do Norte realizou cinco testes de armas nucleares, o último em 9 de setembro de 2016.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала