Exército sírio liberta região na fronteira libanesa da Frente al-Nusra (VÍDEO)

© Sputnik / Dmitriy Vinogradov / Abrir o banco de imagensSoldado do Exército Sírio com o retrato do presidente Bashar Assad perto da fronteira líbano-síria
Soldado do Exército Sírio com o retrato do presidente Bashar Assad perto da fronteira líbano-síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O exército sírio, em cooperação com o Hezbollah, realizou uma ofensiva contra a Frente al-Nusra e libertou a área montanhosa ao redor da cidade de Fleita, nos arredores de Jurud Arsal, nas na fronteira entre a Síria e o Líbano.

O sucesso do exército sírio e de seus aliados se deu graças à velocidade da operação e defesa mal organizada dos terroristas.

As características do terreno montanhoso, com seu grande número de picos e caminhos ocultos, também foram levadas em consideração.

Um comandante de campo do exército sírio disse à Sputnik: "Foram 24 horas no total para romper a defesa dos terroristas".

As forças inimigas sofreram grandes baixas e perderam o controle sobre as rotas estratégicas que conectam Arsal e Jurud-Fleita, peças quais era realizado o trânsito de armas entre Líbano e Síria.

Desde o início da operação antiterrorista nesta região, o exército sírio assumiu o controle de 36 quilômetros quadrados de território, eliminando mais de 70 combatentes da Frente al-Nusra.

A batalha contra os terroristas não foi fácil, de acordo com uma fonte anônima.

"Al-Nusra estava entrincheirada em nos montes e vales, transformando essas áreas locais de combate que mesmo os aviões não conseguiram alcançar", acrescentou a fonte.

Jurud Arsal, que é uma área montanhosa ao redor da cidade fronteiriça libanesa de Arsal. É o lar provisório de dezenas de milhares de refugiados sírios que vivem em e ao redor da cidade.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала