Piloto russo, detido ilegalmente nos EUA há 6 anos, suplica ajuda ao presidente da Rússia

© Foto / PixabayPrisão
Prisão - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O piloto russo, Konstantin Yaroshenko, que foi preso nos Estados Unidos, escreveu uma carta ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, pedindo para que o ajude a voltar para casa, informou o canal de televisão russo RT, que obteve a cópia da carta.

Na quarta-feira (5), o jornal Izvestia informou que o piloto russo, Konstantin Yaroshenko, tinha escrito uma carta para o presidente dos EUA, Donald Trump, pedindo para que lhe transfira para a Rússia; já sua família pediu perdão ao líder norte-americano e espera muito receber ajuda do mesmo.

"Todas as opções possíveis de alcançar justiça nos Estados Unidos estão se esgotando. Todos os meios legais para voltar à Rússia são bloqueados pelas autoridades dos EUA. Estou quase sem forças", diz na carta de Konstantin Yaroshenko, que foi escrita para o presidente do seu país.

Ao mesmo tempo, a sua esposa, Viktoria Yaroshenko, também enviou uma carta com o mesmo pedido ao presidente da Rússia, informa o RT.

© Sputnik / Abrir o banco de imagensPiloto russo Konstantin Yaroshenko, que foi preso nos Estados Unidos
Piloto russo Konstantin Yaroshenko, que foi preso nos Estados Unidos - Sputnik Brasil
Piloto russo Konstantin Yaroshenko, que foi preso nos Estados Unidos

"Estamos esperando que [Vladimir] Putin levante a questão de regresso do meu marido durante o encontro com [Donald] Trump na sexta-feira (7)", o canal cita as palavras da mulher do piloto detido.

Funeral do piloto Oleg Peshkov morto na Síria - Sputnik Brasil
Militante turco que reivindicou morte de piloto russo é condenado a 5 anos de prisão
Yaroshenko foi preso na Libéria, em 2010, por suposto tráfico de cocaína. Ele foi transferido aos EUA e sentenciado a 20 anos de prisão. Autoridades russas vêm repetidamente expressando preocupação quanto às circunstâncias de sua prisão, bem como às condições de detenção do cidadão russo.

Em abril de 2016, o Tribunal de Nova York negou o pedido de anulação da pena de Yaroshenko, fazendo com a Rússia venha a acreditar que o caso possua conotação política.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала