Líderes dos BRICS apelam ao reforço da coordenação de políticas macroeconômicas

© Sputnik / Aleksandr Demyanchuk / Abrir o banco de imagensRublos e yuans
Rublos e yuans - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os líderes do BRICS apelam ao reforço da coordenação das políticas macroeconômicas para evitar as consequências negativas para os países emergentes, explica-se na declaração à imprensa na sequência do encontro informal dos líderes do grupo, às margens das reuniões do G20 em Hamburgo.

Segundo a declaração, embora os ritmos de crescimento econômico continuem a aumentar, existe o risco de desaceleração. Os países do BRICS e outros países emergentes e em desenvolvimento são o motor principal da economia global.

"Estamos determinados a usar todos os instrumentos de politica monetária, fiscal e estrutural para fortalecer o potencial e estabilidade nos mercados emergentes e para apoiar o crescimento forte, estável, equilibrado  e inclusivo", lê-se na declaração à imprensa.

"Perante a incerteza na economia mundial, as grandes economias devem reforçar a coordenação de políticas macroeconômicas para evitar as repercussões nos países emergentes", sublinha-se no documento.


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала