Primeiro-ministro do Iraque declara fim do 'falso estado' do Daesh em Mossul

© REUTERS / Khalid al MousilyVeículo militar da Polícia Federal iraquiana em Mossul, 24 de março de 2017
Veículo militar da Polícia Federal iraquiana em Mossul, 24 de março de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Bandeira do Iraque foi levantada sobre as ruínas da mesquita histórica após três anos do controle do grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico).

Eader of the Islamic State group, Abu Bakr al-Baghdadi, delivering a sermon at a mosque in Iraq - Sputnik Brasil
Daesh destroi mesquita histórica onde declarou o 'califado' em Mossul (VÍDEO)
O primeiro-ministro do Iraque, Haider al-Abadi, declarou nesta quinta-feira (29) que o "estado de falsidade" do Daesh (Estado Islâmico) chegou ao fim, após as tropas iraquianas terem capturado a mesquita histórica de Mossul, na qual os insurgentes declararam seu autodenominado califado há três anos.

"O retorno da mesquita de Al-Nuri e do minarete de al-Hadba para o controle do país marca o fim do estado de falsidade do Daesh", disse Abadi em um comunicado.

Ele afirmou que as forças iraquianas continuarão a caçar os combatentes do Daesh "para matá-los e detê-los até o último deles".

Anteriormente foi informado que as forças governamentais do Iraque retomaram o controle sobre as ruínas da mesquita histórica de Al-Nuri, onde o líder do Daesh, Abu Bakr al-Baghdadi, havia proclamado há 3 anos a criação do califado.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала