Os povos indígenas da Rússia também têm problemas: 'Vivemos como em uma reserva'

© Sputnik / Vladimir Smirnov / Abrir o banco de imagensO cabo Sagan-Khushun, "Cabo Branco", em buriato, na ilha de Olkhon, no lago Baikal
O cabo Sagan-Khushun, Cabo Branco, em buriato, na ilha de Olkhon, no lago Baikal - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Povos indígenas da Rússia contam seus problemas ao presidente.

Um ativista da ilha de Olkhon, na região de Irkutsk, se queixou ao presidente russo da legislação local de proteção do ambiente.

Segundo ele, as leis impedem a realização de obras de primeira necessidade, como o fornecimento de água potável e a construção de rodovias.

Desmatamento voltou a crescer na Amazônia nos dois últimos anos - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Brasil dá sinais contraditórios em política ambiental
Respondendo ao ativista, filmado por uma equipe da Linha Direta, o presidente disse que as regras vigentes das reservas naturais devem não só corresponder ao estatus do lago Baikal, o maior do mundo, mas também às necessidades dos moradores.

"No estrangeiro, se pensa nos moradores primeiro, eu não compreendo por que nós não podemos fazer a mesma coisa", disse Putin.

A ilha de Olkhon é habitada principalmente por representantes dos povos buriato e russo. Os buriatos definem a imagem tradicional e cultural deste território.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала