Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Berlim quer negociar com Moscou 'a partir de posição de força'

© REUTERS / Tobias SchwarzA ministra alemã da Defesa, Ursula von der Leyen, conversa com militares alemães durante uma visita à base aérea de Incirlik, onde tropas alemãs estavam instaladas, em 21 de janeiro de 2016
A ministra alemã da Defesa, Ursula von der Leyen, conversa com militares alemães durante uma visita à base aérea de Incirlik, onde tropas alemãs estavam instaladas, em 21 de janeiro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Alemanha está interessada em relações sensatas com Rússia, mas "a partir de posição de força", declarou a ministra da Defesa da Alemanha, Ursula von der Leyen, na reunião do Comitê do Parlamento Europeu para assuntos internacionais e do Subcomitê para segurança e defesa, em Estrasburgo.

"Nossa posição é a seguinte: queremos relações sensatas com a Rússia, mas sabemos que tudo deve acontecer a partir de posição de força. Deve ser claro que estamos interessados em resolver os conflitos em mesa de negociações. Conflitos devem ser resolvidos somente em mesas de negociação", disse a ministra quando perguntada sobre como seu país avalia a "ameaça da Rússia".

German police officer - Sputnik Brasil
Às vesperas do G20, Alemanha aumenta segurança na fronteira
As relações entre a OTAN e a Rússia se agravaram em 2014. Na cúpula em Varsóvia, em julho de 2016, a Aliança decidiu deslocar batalhões internacionais para a Letônia, Lituânia, Estônia e para a Polônia. Quanto à Lituânia, a ministra sublinhou que no país báltico estão instalados militares da Alemanha, Holanda e Noruega. De acordo com suas palavras, Alemanha dá importância à proteção das fronteiras do leste, bem como está convencida que precisa apoiar os "vizinhos do leste".

Moscou sublinhou retiradamente não possuir intenção de atacar qualquer país da Aliança. Segundo o chanceler russo, Sergei Lavrov, a OTAN sabe sobre isso, mas se aproveita da oportunidade para instalar mais batalhões e equipamentos perto das fronteiras russas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала