Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Especialista: Armata neutraliza facilmente sistemas antitanque da OTAN

© Sputnik / Maksim BlinovTanque da terceira geração T-14 Armata
Tanque da terceira geração T-14 Armata - Sputnik Brasil
Nos siga no
Brig Bem Barry, especialista do Instituto Internacional de Pesquisa Estratégica de Londres, considera que o moderno equipamento antitanque utilizado pela OTAN é pouco eficaz perante os tanques russos T-14 Armata, informa a emissora britânica BBC.

Tanque de guerra T-14 Armata - Sputnik Brasil
Como a Europa pretende desafiar o 'supertanque de Putin'
O Armata, o tanque mais recente, é equipado com o complexo de proteção ativa Afganit, que pode tanto eliminar alvos, como colocá-los totalmente fora de serviço. O Afganit, radar rádio-ótico do Armata, tem quatro redes de antena que detectam os projéteis. O sistema de supressão radio-eletrônica desvia a trajetória dos mísseis, bloqueando os lasers e radares com uma cortina de fumo.

Segundo Barry, este sistema ameaça toda a geração de armas antitanque, inclusive os complexos americanos Javelin, fornecidos pelos EUA.

O especialista britânico opina que OTAN quase não discute este problema. Alguns países fazem pesquisas e testes para equipar seus tanques com sistemas de proteção ativa.

"Mas parece que eles fecham os olhos às conclusões inconvenientes sobre seu potencial antitanque", diz o especialista, acrescentando que a OTAN precisa modernizar seu sistema de defesa antitanque.

Segundo informações da BBC, a Noruega é um dos primeiros países da OTAN a financiar a substituição dos sistemas Javelin, para manter a capacidade de enfrentar veículos blindados. O país vai destinar 24-42 milhões de dólares para substituir os Javelin.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала