Após se negar a receber mesquita, cidade dos EUA faz acordo para encerrar processos

Nos siga noTelegram
Uma cidade do estado de Nova Jersey fez um acordo para barrar dois processos que recebia por se recusar a ter uma mesquita em seu território. Os termos dos acordos não foram divulgados.

Um membro das forças leais ao presidente da Síria, Bashar Assad, tenta erguer a bandeira nacional da Síria na mesquita de Umayyad, 13 de dezembro de 2016 - Sputnik Brasil
Pentágono admite ter bombardeado mesquita síria em março
A decisão foi tomada pelo comitê do município de Bernards e resultará no arquivamento dos processos do Departamento de Justiça dos EUA e de uma associação islâmica.

Os processos judiciais começaram em 2016 após a cidade negar um plano de construção de uma mesquita. Alguns moradores afirmaram que o motivo da oposição não é intolerância religiosa, mas sim a localização do templo. Entretanto, os fundadores da mesquita afirmam que a decisão de barrar sua construção é ilegal. Funcionários do Departamento de Justiça afirmaram que trata-se de uma caso de discriminação.

Uma cidade da região pagou US$ 8 milhões em um acordo semelhante em 2014.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала