Presidente sul-coreano diz que existe 'alta possibilidade de guerra' com Coreia do Norte

© AP Photo / JungJ Yeon-Je/Pool PhotoPresidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, durante coletiva de imprensa em 10 de maio de 2017
Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, durante coletiva de imprensa em 10 de maio de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Em meio ao desenvolvimento do sistema de mísseis THAAD na Coreia do Sul e mais um recente lançamento de míssil balístico bem sucedido pela Coreia do Norte, o novo presidente sul-coreano, Moon Jae-in, declarou que existe uma "alta possibilidade" de guerra.

Pouco depois do presidente recém-eleito ter declarado sua intenção de reabrir as negociações com a Coreia do Norte, o líder moderou sua sugestão afirmando que um conflito armado com seu vizinho do norte era provável.

"A realidade é que há uma possibilidade elevada de um conflito militar na Linha de Limite Norte e na linha de demarcação militar", disse Moon, citado pela agência Reuters. 

Protestos contra implementação do THAAD americano na Coreia do Sul, Seul, 13 de abril de 2017 - Sputnik Brasil
Coreia do Sul vai tentar convencer EUA para apontar THAAD para norte para acalmar China
As declarações de Moon seguem as declarações de oficiais de Pyongyang que reiteram suas provocações contra a proibição do Conselho de Segurança da ONU sobre armas nucleares e mísseis balísticos.

Na madrugada do último domingo (horário de Pyongyang), a Coreia do Norte realizou o lançamento de um míssil balístico nos arredores de Kusong, na província de Pyongan Norte. O míssil percorreu, em 30 minutos, quase 800 quilômetros e caiu no mar do Japão, a 400 quilômetros ao leste da Península da Coreia. Segundo o governo japonês, o míssil atingiu uma altura superior a dois mil quilômetros.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала