Ex-secretária de Estado indica que seria um erro Trump se encontrar com Kim

© AP Photo / Ben Margot, FileA ex-secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice, declarou que os cidadãos da Ucrânia devem reclamar menos e tomar mais a responsabilidade pra si, “ajudando aqueles que tem menos”.
A ex-secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice, declarou que os cidadãos da Ucrânia devem reclamar menos e tomar mais a responsabilidade pra si, “ajudando aqueles que tem menos”. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos Estados Unidos Donald Trump não deveria se encontrar com o líder norte-coreano Kim Jong-un a menos que o país asiático esteja disposto a abandonar o seu programa nuclear, opinou nesta segunda-feira a ex-secretária de Estado norte-americana Condoleezza Rice.

Ao comentar no programa ‘This Morning’, da rede CBS, as declarações de Trump de que seria “uma honra” um encontro com Kim, caso as circunstâncias fossem as corretas, Rice afirmou que “o presidente dos EUA não pode se encontrar com Kim Jong-un, e certamente não nas atuais circunstâncias”.

“Haverá o dia em que a Coreia do Norte desista do seu programa de armas nuclear e, assim por diante, valeria a pena ter a Coreia do Norte de volta à comunidade internacional”, comentou Rice, que foi secretária de Estado no governo de George W. Bush, entre 2005 e 2009.

No momento, ela acredita que Pyongyang está tentando mostrar que possui força e que “pode fazer os EUA sofrerem”. “Essa não é uma situação que possa ser tolerada por qualquer presidente norte-americano. Algo precisa ser feito a respeito daquele programa nuclear”, avaliou.

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un - Sputnik Brasil
Coreia do Norte pede fim da confrontação às vésperas das eleições em Seul

Por outro lado, Rice concordou com Trump quando o presidente destacou que Kim seria “muito esperto” por ter conseguido se manter no poder, mesmo sendo tão jovem. “Ele é esperto. Ele não teria sobrevivido por tanto tempo. Vamos ser claros: obviamente ele sabe o que está fazendo”.

China

Um dia antes, em outro programa da rede CBS, Condoleezza Rice adotou um tom bastante duro para mencionar o papel da China na crise com os norte-coreanos. Para a ex-secretária de Estado, Pequim precisa ser instada pela Casa Branca a “mudar os seus cálculos”.

“Agora, eles parecem mais preocupados com o colapso potencial do regime e em fazer coisas difíceis para o regime do que lidar com uma Coreia do Norte nuclear. Acho que é isso que o governo está tentando fazer é mudar seu cálculo para que os chineses vejam que, se eles não lidam com os norte-coreanos, nós vamos”, destacou ao programa ‘Face the Nation’.

“Acho que eles [chineses] estão começando a entender”, concluiu Rice.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала