Sistema russo de defesa antimíssil está em alerta máximo após teste da Coreia do Norte

© Sputnik / Aleksandr Vilf / Abrir o banco de imagensSistema de defesa antimíssil Buk-1M, Rússia (foto de arquivo)
Sistema de defesa antimíssil Buk-1M, Rússia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O sistema de defesa antimíssil russo no Extremo Oriente está em alerta máximo após o lançamento de um míssil realizado pela Coreia do Norte. A Rússia monitoriza atentamente o espaço aéreo na zona controlada pela Força Aérea russa, declarou o presidente do Comitê de Defesa e Segurança do Conselho da Federação, Viktor Ozerov.

Kim Jong-un o líder da Coreia do Norte - Sputnik Brasil
À beira da guerra: China classifica situação na península coreana como crítica
"A Rússia está monitorizando com a maior atenção o que está acontecendo na Coreia do Norte. O sistema de defesa antimíssil no Extremo Oriente está em alerta máximo. Controlamos o espaço aéreo na zona de responsabilidade da Força Aérea da Federação da Rússia", afirmou senador.

Segundo ele, Rússia entende que não é alvo de ataque dos mísseis norte-coreanos, mas toma medidas para evitar que o país possa ser inadvertidamente atingido por algum míssil.

O presidente do Comitê sublinhou que os militares russos fazem tudo o possível para impedir que os mísseis norte-coreanos atinjam o território da Rússia.

O míssil foi lançado da base aérea de Pukchang, a norte de Pyongyang, por volta das 5h30 da manhã, hora local, e teria sobrevoado de 30 a 50 quilômetros, sem ter atingido o mar do Japão (também conhecido como mar do Leste).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала