Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Carl Vinson nuclear está a caminho: Seul se junta aos EUA na realização de treinos navais

© REUTERS / Matt BrownPorta-aviões USS Carl Vinson no mar do Sul da China, 8 de abril de 2017
Porta-aviões USS Carl Vinson no mar do Sul da China, 8 de abril de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Coreia do Sul realizará treinamentos conjuntos com os EUA, onde irá participar o porta-aviões nuclear USS Carl Vinson no fim de semana, informa a agência Kyodo, citando o comando da Marinha sul-coreana.

No domingo passado (23), foram iniciados exercícios militares conjuntos entre as forças da Marinha japonesa e o grupo naval norte-americano, liderado pelo porta-aviões nuclear USS Carl Vinson, que está se dirigindo para a península Coreana. O Japão entra com seus destróieres Ashigara e Samidare, informa a Kyodo.

Ao mesmo tempo, segundo dados da CNN, o submarino nuclear norte-americano Michigan, que entrou no porto de Busan, não irá participar dos treinamentos. Busan é capaz de deslocar mais de 154 mísseis de cruzeiro da classe Tomahawk.

Míssil S-200 - Sputnik Brasil
Defesa antiaérea síria pode conter os Tomahawks norte-americanos?
Mais cedo, a Força de Autodefesa Marítima Japonesa anunciou que realizaria exercícios conjuntos com o porta-aviões USS Carl Vinson, que aparentemente está chegando à Península Coreana após muitas especulações.

A Casa Branca e o Pentágono disseram na semana passada que o Carl Vinson iria patrulhar as águas perto da Coreia do Norte, mas não confirmada veracidade dos relatórios. Em 15 de abril, o porta-aviões Carl Vinson foi fotografado pela Marinha dos EUA perto da Indonésia.

Líder da Coreia do Norte Kim Jong-un - Sputnik Brasil
Mídia: Coreia do Norte realiza exercícios de artilharia perto de Wonsan
A bordo do porta-aviões atualmente estão cerca de 70 aviões e helicópteros militares, inclusive 24 caças bombardeiros F/A-18, dez aviões de reabastecimento aéreo S-3A, seis helicópteros táticos antinavio SH-3H, quatro aviões de vigilância radio eletrônica EA-6B e quatro aviões de detecção longínqua E-2.

Do grupo também fazem parte o cruzador Lake Champlain e os destróieres Wayne E. Meyer e Michael Murphy, equipados com sistemas antimísseis Aegis.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала