Japão se preocupa com serviço de transporte entre Rússia e Coreia do Norte

© Sputnik / Ilia Pitalev / Abrir o banco de imagensPyongyang, Coreia do Norte
Pyongyang, Coreia do Norte - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro das Relações Exteriores do Japão, Fumio Kishida, expressou preocupações ligadas aos planos de uma empresa russa de lançar em maio um serviço de transporte marítimo para carga e passageiros entre Rússia e Coreia do Norte, informa a mídia local nesta sexta-feira (21).

Ao falar do proposto serviço de transporte marítimo entre a Rússia e a Coreia do Norte, Kishida disse que o Japão esperava que a Rússia "agisse como um Estado responsável do Conselho de Segurança das Nações Unidas", contou a agência japonesa Kyodo.

Ativistas sul-coreanos queimam réplicas de mísseis norte-coreanos - Sputnik Brasil
Rússia apela a não ter pressa na introdução de sanções contra a Coreia do Norte
Na quarta-feira (19), Vladimir Baranov, representante da empresa russa InvestStroiTrest, disse à Sputnik que o barco Mangyongbong-92 iria circular entre Vladivostok e Rason a partir de maio deste ano, realizando cerca de seis viagens por mês. Primeiro, a empresa planeja transportar turistas chineses da cidade chinesa de Hunchun, assim como turistas russos para a Coreia do Norte. As passagens custarão 550 iuanes (US$ 80), acrescentou.

Barcos de passageiros nunca circularam entre a Rússia e a Coreia do Norte. A cidade norte-coreana de Rason, perto da região russa de Primorie e da província chinesa de Jilin, é zona econômica especial e possui um porto de água quente.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала