EUA reconhecem que seu porta-aviões ainda está longe da costa coreana

© AFP 2022 / PARK JI-HWAN USS CVN-70 Carl Vinson
USS CVN-70 Carl Vinson - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na terça-feira (18), os militares dos EUA confirmaram que seu porta-aviões Carl Vinson ainda se encontra afastado da costa da península Coreana.

Lançadores múltiplos de foguetes vistos quando estavam disparando durante um treinamento em lugar desconhecido da Coreia do Norte. - Sputnik Brasil
Coreia do Norte mostra simulação de ataque de míssil contra EUA (VÍDEO)
Na semana passada, o presidente norte-americano, Donald Trump declarou que o porta-aviões se dirigia para a zona da península Coreana.

Anteriormente tinha sido informado que o grupo aeronaval da Marinha norte-americana chefiado pelo porta-aviões USS Carl Vinson navegava em direção à parte ocidental do oceano Pacífico para garantir a presença norte-americana nas águas da península da Coreia.

Segundo as informações da Defense News, atualmente o Carl Vinson está perto da Austrália, a 5.600 mil quilômetros da península Coreana.

Mísseis no desfile militar dedicado ao aniversário de Kim Il sung em Pyongyang, 15 de abril de 2017 - Sputnik Brasil
Quais seriam os maiores afetados por uma guerra entre EUA e Coreia do Norte?
Entretanto, um alto representante da Administração Trump declarou ao Wall Street Jornal que a Casa Branca recebeu dados incorretos do Pentágono sobre a localização do porta-aviões. Além disso, outro funcionário da Administração declarou que o Pentágono divulgou informação errada, o que só se soube na terça-feira (18)

Ao mesmo tempo, a agência sul-coreana Yonhap informou, citando uma fonte no governo de Seul, que EUA planejam enviar mais três porta-aviões para a região costeira da península Coreana.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала