Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Envolvido em atentado a metrô em São Petersburgo está detido, diz FSB

© AFP 2021 / STRTrem do metrô de São Petersburgo danificado pelo ataque de 3 de abril de 2017
Trem do metrô de São Petersburgo danificado pelo ataque de 3 de abril de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Um dos suspeitos de terem organizado o ataque a bomba no metrô de São Petersburgo, na Rússia, em 3 de abril foi preso na cidade de Odintsovo, próximo a Moscou, segundo informou o Serviço de Segurança da Rússia (FSB) nesta segunda-feira.

De acordo com informações da RT, o homem seria possivelmente de um país da Ásia Central.

"Um dos organizadores do caso investigado, que é nativo da região da Ásia Central, Azimov Abror Akhralovich, nascido em 1990, foi detido na área de Odintsovo, região de Moscou", diz o comunicado da FSB.

Ainda segundo a agência, o homem preso nesta segunda-feira seria o responsável pelo treinamento dado a Akbarzhon Dzhalilov, o homem de 22 anos que é o principal suspeito de ter perpetrado o ataque suicida contra o metrô de São Petersburgo.

Pelo menos uma pistola foi apreendida pelas autoridades russas durante a operação em Odintsovo.

A prisão faz parte da investigação criminal em andamento e sob a responsabilidade do Comitê de Investigação.

No dia 3 de abril, uma explosão atingiu um dos vagões que trafegava entre duas estações no centro de São Petersburgo, deixando um saldo de 14 mortos e mais de 50 pessoas feridas.

Nascido no Quirguistão, Akbarzhon Dzhalilov é apontado como o principal suspeito, mas as autoridades russas não descartam o envolvimento de outras pessoas no atentado.

Logo após o ataque, oito pessoas foram detidas pelas autoridades russas, tendo seis prisões ocorrido em São Petersburgo e outras duas em Moscou.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала