Pyongyang mantém silêncio sobre lançamento fracassado de míssil

© REUTERS / Damir SagoljCongresso do Partido dos Trabalhadores em Pyongyang, Coreia do Norte
Congresso do Partido dos Trabalhadores em Pyongyang, Coreia do Norte - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A mídia norte-coreana não informou sobre o lançamento falhado de um míssil, anunciou um correspondente da televisão japonesa, NHK que se encontra em Pyongyang.

Uma mulher norte-coreana equilibra um balde na cabeça, enquanto homens fumam na rua no final de um dia de trabalho, na quarta-feira, 22 de junho de 2016, em Wonsan, Coreia do Norte. - Sputnik Brasil
Especialista sobre Coreia do Norte: 'Eles apenas querem que os deixem em paz'
O Comité dos Chefes de Estado-Maior da Coreia do Sul informou que Pyongyang realizou um lançamento mal sucedido de um míssil balístico.

O lançamento ocorreu na localidade de Sinpo, situada na província de Hamgyong do Sul (costa do mar do Japão),

O tipo do míssil é desconhecido, mas os especialistas acreditam que pode ter sido um míssil balístico de médio alcance KN-15.

De acordo com a NHK, o lançamento não foi mencionado na mídia norte-coreana.

Em 15 de abril Pyongyang realizou um grandioso desfile militar no dia em que se comemoraram 105 anos do nascimento do fundador da Coreia do Norte, Kim Il-sung.
No desfile foram exibidos, entre outras armas, novos mísseis que poderiam ainda estar em fase de desenvolvimento.

Militares norte-coreanas durante a parada militar em homenagem ao 60º aniversário do fim da Guerra da Coreia, 2013 - Sputnik Brasil
'Segunda Guerra da Coreia': em que pode resultar?
Para intimidar a Coreia do Norte, um grupo aeronaval norte-americano chefiado pelo porta-aviões americano USS Carl Vinson, entrou no sábado nas águas do mar do Japão. Nos últimos dias, as mídias japonesas e sul-coreanas debatem um possível ataque dos EUA contra a Coreia do Norte.

O Estado-Maior do Exército Popular da Coreia do Norte, o mais poderoso do mundo depois da China, advertiu que, em caso de provocação realizará um "ataque preventivo" contra as instalações militares dos EUA.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала