Putin não permitirá realizar 'revoluções coloridas' na Rússia e países da OTSC

© Sputnik / Aleksei Druzhinin / Abrir o banco de imagensPresidente da Rússia, Vladimir Putin
Presidente da Rússia, Vladimir Putin - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As autoridades da Rússia vão envidar todos os esforços para não permitir revoluções coloridas tanto no país como nos Estados da Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC), declarou o presidente russo, Vladimir Putin.

"Temos conhecimento de diferentes teorias que estão sendo realizadas em várias regiões do mundo e que resultam em grave desestabilização nessas regiões. É evidente que não podemos permitir algo parecido e vamos tentar agir em conformidade na Rússia e apoiar nossos parceiros da OTSC", declarou Putin em entrevista ao canal de televisão Mir.

The aftermath of a US missile strike at the Shayrat military field in Syria - Sputnik Brasil
Ministério da Defesa russo critica a suposta 'eficiência' do ataque dos EUA na Síria
As revoluções coloridas são um nome coletivo atribuído a processos de mudança de poder tais como a Revolução Rosa na Geórgia, a Revolução das Tulipas no Quirguistão, a Revolução Laranja na Ucrânia, a Revolução de Jasmim na Tunísia e a Revolução de Lótus no Egito. Como regra, elas começam sempre por protestos pacíficos, mas se transformam com o tempo em uma dura e violenta luta contra as autoridades. O objetivo principal de tais ações, que são provocadas por forças estrangeiras, é a mudança de Governo nesses países.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала