Submarino nuclear russo Kazan fascina especialistas norte-americanos

Nos siga noTelegram
Uma das armas mais recentes do exército russo, o submarino Kazan do projeto 885M lassen, não deixa os analistas ocidentais indiferentes.

Navios da Frota do mar Cáspio realizam lançamentos de mísseis Kalibr-NK contra infraestruturas do Daesh a partir do mar Cáspio, novembro de 2015 - Sputnik Brasil
Alta precisão e longo alcance: Marinha da Rússia dispõe de navios com mísseis de cruzeiro
O novo submarino russo Kazan é o navio mais potente nesta classe de embarcações, fazendo concorrência à produção da Marinha dos EUA, escreve o jornal The National Interest

Os analistas militares norte-americanos notam que Kazan é o segundo submarino nuclear do projeto 885M lassen, cuja concepção é semelhante a embarcações dos EUA como o Seawolf e o Virginia. 

Além disso, o submarino Kazan é mais eficiente do que o primeiro navio deste tipo, o Severodvinsk, porque é equipado com todas as tecnologias mais recentes. 

O Severodvinsk já tinha sido considerado por analistas como uma arma poderosa, nomeadamente devido à sua versatilidade. Este submarino pode ser utilizado para conter outros submarinos e navios, bem como para realizar ataques terrestres. 

É preciso prestar atenção, segundo o jornal, ao fato de este submarino ser dotado do sistema hidro-acústico Irtyсh-Amfora, com uma antena esférica de grandes dimensões, e de uma bateria com oito células de lançamento vertical, capazes de disparar 32 mísseis de cruzeiro Oniks ou Kalibr. 

Além disso, os analistas norte-americanos advertem contra os projetos russos de produção de submarinos de classe ultramoderna, capazes de conter submarinos norte-americanos dotados de mísseis balísticos. Os analistas reconhecem que a Rússia possui todas as tecnologias necessárias para criar o novo tipo de submarinos. 

O Kazan deverá ser lançado à agua este mês, em 30 de março, e entrar no serviço em 2018. O seu antecessor, o Severodvinsk, está em serviço desde 2014. 

Vale a pena notar que contra-almirante norte-americano Dave Johnson instalou uma maquete de Severodvinsk no seu gabinete para o poder observar durante o trabalho.  

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала