Vietnã exige que China deixe de enviar cruzeiros para as ilhas Paracel

© AFP 2022 / SAM YEHAs ilhas Nansha (Spratly) no mar do Sul da China
As ilhas Nansha (Spratly) no mar do Sul da China - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Vietnã exige que a China pare de enviar seus navios de cruzeiro para as ilhas em disputa no mar do Sul da China, informou a Reuters com referência ao representante do Ministério das Relações Exteriores do Vietnã.

No início de março, o novo navio de cruzeiro chinês Changle Princess iniciou uma viagem inaugural de ecoturismo para as ilhas em disputa Xisha (Ilhas Paracel) no mar do Sul da China. Ele deixou o porto de Fenhuandao da cidade de Sanya em 2 de março. Os turistas deverão permanecer nas ilhas por dois dias.

"O Vietnã se opõe resolutamente contra isso e exige que a China respeite a soberania do Vietnã sobre as Ilhas Paracel, bem como cumpra o direito internacional e pare essas ações", disse o representante do Ministério do Exterior vietnamita, Le Hai Binh.

Porta-aviões norte-americano USS Carl Vinson durante patrulha no mar do Sul da China, 3 de março de 2017 - Sputnik Brasil
O que na realidade significa presença dos navios americanos no mar do Sul da China?
A China e alguns outros países da região — Japão, Vietnã e Filipinas — têm desacordos sobre as fronteiras marítimas e áreas de responsabilidade no mar do Sul da China e mar da China Oriental.

A China considera os arquipélagos Xisha e Nansha (Spratly) como seu território, não obstante as ilhas serem disputadas por outros países da região, e diz que sua atividade nestas ilhas e águas circundantes é completamente legal.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала