Assange: 'CIA perdeu o controle do seu arsenal de armas cibernéticas'

© AFP 2022 / FABRICE COFFRINI Julian Assange, fundador do WikiLeaks, fala via Internet durante a sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU, 23 de março de 2015
Julian Assange, fundador do WikiLeaks, fala via Internet durante a sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU, 23 de março de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O fundador da WikiLeaks, Julian Assange, realizou nesta quinta-feira (9) uma coletiva de imprensa sobre o lançamento da primeira parte do 'Vault 7', o maior arquivo de documentos confidenciais relacionados à CIA.

Na última quarta-feira, a WikiLeaks publicou a primeira parte do lançamento do relatório "Vault 7" sobre os arquivos secretos da CIA, que contém revelações sobre as tecnologias de hackeamento da agência e uma lista de vulnerabilidades dos principais sistemas em operação.  

Ao comentar as brechas na segurança da CIA, Julian Assange afirmou que "a CIA perdeu o controle do seu arsenal de armas cibernéticas" e que o vazamento da agência é "um ato histórico de incompetência devastadora". 

"É um fato de incompetência histórica criar um arsenal devastador desse tipo, hospedá-lo em algum lugar e não assegurá-lo", disse o ciberativista, observando que a WikiLeaks poderia acessá-lo sem dificuldade. 

Ele acrescentou que a Wikileaks decidiu compartilhar informações sobre as técnicas de ciberataques da CIA com fabricantes de tecnologia para que eles possam reparar suas vulnerabilidades. 

WikiLeaks - Sputnik Brasil
Wikileaks avisa: Não vazou nem 1% do que tem em mãos ainda
"Nós decidimos trabalhar com [os fabricantes de tecnologia] para dar-lhes algum acesso exclusivo aos detalhes técnicos adicionais que temos para que as correções possam ser desenvolvidas", afirmou Assange, prometendo "publicar detalhes adicionais sobre o que está ocorrendo "Assim que este material for efetivamente desarmado".

Ao ser perguntado quantas partes poderias estar envolvidas nos processos de hackeamento da CIA, Assange disse que, como o arquivo é grande, eles vão precisar de muita ajuda de jornalistas e especialistas em tecnologia.

A organização realizou uma transmissão ao vivo da coletiva de imprensa de Assange pelo Facebook. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала