'Nova ameaça': Japão diz que 3 mísseis norte-coreanos atingiram Zona Econômica japonesa

© AFP 2022 / JUNG YEON-JE Homem vê notícias na TV sul-coreana sobre o lançamento de míssil balístico norte-coreano (foto de arquivo)
Homem vê notícias na TV sul-coreana sobre o lançamento de míssil balístico norte-coreano (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, declarou que Tóquio manifesta um "forte protesto" contra a Coreia do Norte após o lançamento de quatro mísseis balísticos neste domingo (5).

Segundo o primeiro-ministro, três dos mísseis atingiram a Zona Econômica Exclusiva do Japão.

"Os últimos lançamentos de mísseis balísticos demonstram claramente a evidência de uma nova ameaça da Coreia do Norte", disse Abe a repórteres. 

Os mísseis foram lançados da região de Tongchang-ri, onde a base de mísseis está localizada. 

Soldados sul-coreanos e norte-americanos durante exercícios conjuntos na cidade de Pohang, Coreia do Sul, 6 de julho de 2016 - Sputnik Brasil
Coreia do Sul e EUA treinam eliminação de armas da Coreia do Norte
O lançamento ocorreu em meio a exercícios conjuntos entre forças armadas sul-coreanas e norte-americanas, indicando um protesto de Pyongyang.

Os exercícios de treinamento militar entre os EUA e a Coréia do Sul teriam sido classificados por Pyongyang como provocação, e estão programados para continuar até abril.

A Coreia do Sul e o Japão convocaram o Conselho Nacional de Segurança de seus países em caráter de urgência por conta do novo lançamento de mísseis por parte da Coreia do Norte.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала