Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Ex-presidente da Ucrânia: 'o país estava destinado a perder a Crimeia'

© Sputnik / Evgeny Kotenko  / Abrir o banco de imagensO ex-presidente da Ucrânia Leonid Kravchuk
O ex-presidente da Ucrânia Leonid Kravchuk - Sputnik Brasil
Nos siga no
O primeiro presidente da Ucrânia Leonid Kravchuk considera que a oposição entre a Rússia e a Ucrânia teve o início 300 anos atrás.

O político declarou isso numa entrevista à emissora ucraniana 112.

"Falando sobre a guerra cultural e espiritual, podemos dizer que ela decorre desde o Tratado de Pereyaslav [concluído em 1654 entre os cossacos de Zaporojie e o tsar Aleixo I da Moscóvia], por causa deste tratado nós perdemos a igreja e o país ucranianos", disse Kravchuk, sublinhando que este conflito se mantém até hoje.

Sistema de mísseis Buk - Sputnik Brasil
Defesa da Crimeia é reforçada com sistemas de mísseis Buk
Ele acrescentou que a Ucrânia estava "destinada" a perder a Crimeia em 2014, porque não pôde manter a península devido às desordens que causaram o enfraquecimento das posições do governo em geral e nas regiões.

A Crimeia se reunificou com a Rússia depois do referendo realizado em março de 2014, depois do golpe de Estado na Ucrânia. Mais de 95% dos residentes da península votaram a favor da entrada na Rússia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала