Novo decreto sobre entrada nos EUA pode excluir Iraque

© AFP 2022 / ABDELHAK SENNANo Iraque soldado americano verifica ID do iraquiano - foto de arquivo de 2003
No Iraque soldado americano verifica ID do iraquiano - foto de arquivo de 2003 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Iraque pode acabar excluído da lista de países cujos nacionais estão proibidos de entrar os Estados Unidos, informa a mídia.

O decreto do presidente norte-americano Donald Trump "Protegendo a Nação contra a Entrada de Terroristas Estrangeiros nos Estados Unidos" causou muita controvérsia e agora a nova versão deste documento, primeiramente assinada em 27 de janeiro, pode vir  a sofrer alterações significativas. 

De acordo com o divulgado na tarde da terça-feira (28) pelo jornal Politico, a nova versão está prevista para temporariamente impedir todas as admissões de refugiados, tal como a versão inicial, mas a proibição de entrada de refugiados sírios por tempo indeterminado pode não continuar em vigor.

Combatente iraquiano em Mossul - Sputnik Brasil
Daesh pôs armadilha em vala comum perto de Mossul
O jornal cita um político da Casa Branca que já teve conhecimento da versão preliminar da ordem executiva.

Segundo a divulgado, a lei continuará a ser aplicado aos cidadãos do Irã, Síria, Sudão, Iêmen, Somália e Líbia.

O Politico destaca que a possibilidade de excluir o Iraque da lista tem a ver com questões políticas, visto que o governo do país do Oriente Médio tecnicamente é aliado dos EUA, não obstante a atividade clara do grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia) em território iraquiano.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала