Mais pessoas podem estar envolvidas no assassinato do irmão de Kim Jong-un

© AP Photo / Ahn Young-joonTV screens show pictures of Kim Jong Nam, the half-brother of North Korean leader Kim Jong Un, at the Yongsan Electronic store in Seoul, South Korea, Wednesday, Feb. 15, 2017
TV screens show pictures of Kim Jong Nam, the half-brother of North Korean leader Kim Jong Un, at the Yongsan Electronic store in Seoul, South Korea, Wednesday, Feb. 15, 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A polícia da Malásia está pedindo ajuda à Interpol para localizar três outros suspeitos do crime, de acordo com o vice-inspetor-geral da polícia, Noor Rashid Ibrahim.

Kim Jong-nam, o filho mais velho do líder norte-coreano Kim Jong Il, durante visita a Paris em 2008. - Sputnik Brasil
Coreia do Sul convoca reunião de emergência após morte de meio-irmão de Kim Jong-un
A polícia informou ainda que nenhum parente de Kim Jong-nam foi até o país para buscar o corpo do irmão do líder norte-coreano até o momento. De acordo com Ibrahim, ele viajava com um passaporte usando nome diferente: no documento, se apresentava como Kim Chol.

A polícia já trabalhava com nomes de quatro suspeitos: Ri Jae Nam, Hong Song Hac, O Jong Gil e Ri Ji Hyon. Agora, Ri Ji O e outras duas pessoas de identidades não-reveladas estão na lista de procurados do país.

Até agora, quatro suspeitos foram detidos, incluindo um indivíduo com um passaporte norte-coreano que trabalha na Malásia e duas mulheres com passaportes da Indonésia e do Vietnã.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала