Chile propõe acordos bilaterais com membros do TPP, China e Coreia do Sul

© AFP 2022 / Yamil LageHeraldo Muñoz, chanceler do Chile
Heraldo Muñoz, chanceler do Chile - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Após a retirada dos EUA da Parceria Transpacífico (TPP), o Chile anunciou que vai buscar acordos comerciais bilaterais com os outros membros do TPP, bem como com a China e com a Coreia do Sul.

O presidente do México, Enrique Peña Nieto. 2 de setembro, 2015 - Sputnik Brasil
México começará negociações bilaterais do TPP imediatamente após retirada dos EUA
Nesta segunda-feira (23), o presidente dos EUA Donald Trump assinou a ordem executiva para iniciar a retirada do país do acordo de livre comércio, que foi assinado por 12 países do Pacífico, mas permaneceu não ratificado pelos EUA e pela maioria dos outros signatários. 

O futuro do TPP agora é incerto, uma vez que foi impulsionado em grande parte pelos esforços norte-americanos. 

O ministro das Relações Exteriores do Chile, Heraldo Muñoz, disse em entrevista coletiva nesta segunda-feira que seu país continuará buscando acordos bilaterais e que propôs reuniões com os outros membros do TPP, bem como com a China e a Coreia do Sul, recebendo  “reações positivas em alto nível”.


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала