Cosmonauta soviético qualifica como 'tolice e delírio' documentos da CIA sobre OVNI

Nos siga noTelegram
O cosmonauta soviético, Aleksei Leonov, referiu-se aos papéis publicados pela Agência Central de Inteligência (CIA) como "completo delírio", que tratam de um projeto militar secreto dos EUA e de supostas aparições de OVNIs.

"Tudo isso é uma tolice. Ninguém viu nada semelhante. É uma bobagem da imprensa <…> A CIA faz o que é benéfico. É uma organização que cumpre com qualquer ordem. Sou uma pessoa próxima à instituição. Trabalhei em Houston durante muitos anos e nunca vi objetos voadores. E meu caro companheiro Thomas Stafford também não sabe nada sobre [OVNIs]", assegurou Leonov durante entrevista ao canal russo Zvezda.

Além disso, ele ressaltou que não há como acreditar nesses documentos, pois não existem provas que confirmem que um dia os militares norte-americanos fizeram contato com extraterrestes ou chegaram a encontrar objetos voadores não identificados.

Agência Central de Inteligência dos EUA (CIA na sigla em inglês) - Sputnik Brasil
OVNI e Guerra Fria ganham destaque em arquivos publicados pela CIA
"Uma coisa que vale a pena falarmos seria a formação de figuras geométricas absolutamente perfeitas nos campos das cidades russas de Stavropol e Kuban. Em uma noite, aparecem desenhos gigantes e ninguém pode explicar o que são", frisou ele.

Anteriormente, várias mídias informaram que a Agência Central de Inteligência dos EUA havia publicado cerca de 13 milhões de páginas de documentos secretos que poderiam clarear as atividades norte-americanas durante o conflito no Vietnã e na guerra da Coreia. Nesses papéis há informações também sobre o aparecimento de OVNI e sobre o projeto norte-americano Stargate responsável pela investigação de capacidades sobrenaturais do ser humano.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала