Como será resposta da Rússia a China ao THAAD americano na Coreia do Sul?

© Foto / US Missile Defense AgencySistema de defesa antimíssil THAAD
Sistema de defesa antimíssil THAAD - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Rússia e China concordaram em adotar novas contramedidas em resposta ao plano dos EUA de posicionar sistemas de defesa antimíssil THAAD na Coreia do Sul, comunicou a agência Xinhua.

Segundo a fonte, essas contramedidas "terão por objetivo salvaguardar os interesses russos e chineses e o equilíbrio estratégico na região".

Vale lembrar que a Rússia e a China realizaram exercícios militares conjuntos em maio de 2016, depois de os EUA e a Coreia do Sul terem iniciado negociações para instalar o sistema THAAD (Terminal High-Altitude Area Defence, na sigla em inglês) que visa conter uma eventual ameaça proveniente de Pyongyang.

O sistema estadunidense da defesa antimíssil THAAD - Sputnik Brasil
Ministra da Defesa do Japão visita base dos EUA para ver THAAD
O THAAD será instalado na área de um atual campo de golfe. A Rússia e a China estão preocupadas com o alcance do sistema, que poderá colocar em risco a segurança dos dois países.

Como foi destacado, os planos da Coreia do Norte causaram indignação por parte da China, que é considerado o único amigo de Pyongyang nos planos econômico e diplomático.

Anteriormente, Mikhail Ulyanov, diretor do departamento de não proliferação e controle de armamentos da chancelaria russa, tinha anunciado que a Rússia e a China poderiam dar uma resposta conjunta ao posicionamento do THAAD na Ásia Oriental.

A bateria de THAAD na Coreia do Sul, no valor de mais de um bilhão de dólares (cerca de 3,4 bilhões de reais), será composta por um radar antimíssil TPY-2 TM, seis lançadores e 48 mísseis interceptores.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала