- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Especialista em BRICS: ‘Putin se preocupou em afirmar solidez das relações Rússia-China’

Nos siga noTelegram
Na opinião de Diego Pautasso, da Universidade do Vale dos Sinos, no Rio Grande do Sul, o grande mérito do Presidente Vladimir Putin foi ter tocado em “pontos essenciais” durante a entrevista coletiva desta sexta-feira, 23.

"O que eu considero como pontos essenciais é a prioridade que o Presidente Vladimir Putin concedeu a temas como preço do petróleo, desenvolvimento tecnológico da Rússia e diretrizes da política internacional da Rússia", diz o professor de Relações Internacionais, Diego Pautasso.

Neste aspecto, Pautasso, especialista nos países BRICS, com ênfase na Rússia, salienta:

Presidente da China, Xi Jinping, e presidente da Rússia, Vladimir Putin, apertam as mãos às margens da Cúpula dos BRICS em Goa - Sputnik Brasil
China está disposta a ampliar cooperação com Rússia no combate ao terrorismo
"Vejo como muito importante a preocupação do Presidente Vladimir Putin em afirmar a solidez das relações da Rússia com a China, algo vital para os dois países não só no âmbito do Grupo BRICS (do qual também participam Brasil, Índia e África do Sul) como em todo o concerto internacional. Como também reputo da maior importância as declarações de Putin de que deseja restabelecer a normalidade das relações da Rússia com os Governos dos Estados Unidos e dos países da Europa."

Outros comentários de Putin que merecem destaque para o Professor Diego Pautasso são os que envolvem as relações da Rússia com Síria e Turquia:

"Com a Síria, é de se destacar que o apoio da Rússia ao Presidente Bashar Assad foi decisivo para conter as ações do Daesh [autodenominado Estado Islâmico] no país. E com a Turquia devemos acentuar a dinâmica das relações com a Rússia, dinâmica abalada pelo abate do avião militar russo pela Força Aérea turca em novembro de 2015. Mas, à medida que forem se esclarecendo as razões para o assassinato do Embaixador russo Andrei Karlov na segunda-feira, 19, em Ancara, as relações entre Rússia e Turquia deverão voltar à sua plena normalidade." 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала