Extremistas islâmicos são detidos pelo FSB em Moscou

© AFP 2022 / MAXIM MARMUR Sede do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) em Moscou
Sede do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) em Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Sete membros do movimento islâmico Tablighi Jamaat foram detidos na região de Moscou, na Rússia, nesta quinta-feira, segundo anunciou o escritório regional do Serviço Federal de Segurança da Rússia, o FSB.

Barras de dinamite, artefatos explosivos artesanais e granadas encontados durante a detenção de agentes ucranianos que planejavam organizar atentados na Crimeia (Imagem de vídeo do FSB russo) - Sputnik Brasil
4 membros de grupo terrorista foram detidos em Moscou por preparar atentados
De acordo com as autoridades russas, o grupo portava material extremista quando foi abortado pelos agentes. 

"Foram detidos sete participantes da célula religiosa, incluindo seus líderes. Durante os registros, foram confiscados textos extremistas, equipamentos de comunicação e dispositivos de memória com informes sobre ações realizadas", diz o comunicado do FSB

Em 2009, o Supremo Tribunal da Federação Russa reconheceu o Tablighi Jamaat como uma organização extremista, considerando que suas atividades ameaçam a estabilidade interétnica e interconfessional da sociedade russa. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала