Rebeldes de Aleppo tentam levar prisioneiros consigo durante evacuação

© AFP 2022 / KARAM AL-MASRI Civis sírios deixam zonas controlados por extremistas, Aleppo, 13 de dezembro
Civis sírios deixam zonas controlados por extremistas, Aleppo, 13 de dezembro - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os rebeldes estão tentando levar prisioneiros consigo durante a evacuação, o que é uma violação do acordo, informou o canal de TV estatal sírio Al-Ikhbariya.

A TV síria informou anteriormente que os rebeldes bombardearam um corredor de evacuação de Aleppo oriental, no bairro de Ramus. 

"Há relatos de que militantes violaram o acordo e tentaram levar reféns", disse um correspondente do canal de TV

Sírios evacuados de Aleppo oriental chegam na região de Khan al-Aassal, controlada pela oposição, em 15 de dezembro de 2016, a primeira parada rumo aos campos temporários na periferia de Idlib. - Sputnik Brasil
Mais de 6.400 pessoas evacuadas de Aleppo oriental em 24 horas
A evacuação de militantes e suas famílias de Aleppo oriental foi suspensa após a violação do acordo. 

Mais cedo na sexta-feira, o Centro russo para a Reconciliação na Síria disse que mais de 6.000 pessoas, incluindo 3.000 militantes, deixaram Aleppo oriental em várias colunas de ônibus nas primeiras 24 horas da operação de evacuação. 

De acordo com a ordem do presidente russo Vladimir Putin, os militantes devem ser levados para fora da cidade por ônibus através de um corredor especial para a cidade de Idlib. Representantes de organizações internacionais foram convidados a acompanhar o processo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала