Argélia decreta oito dias de luto por Fidel Castro

© AFP 2022 / ADALBERTO ROQUEFidel Castro e Abdelaziz Bouteflika, em Havana, 15 de abril de 2000
Fidel Castro e Abdelaziz Bouteflika, em Havana, 15 de abril de 2000 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da Argélia, Abdelaziz Bouteflika, declarou um luto de oito dias em homenagem ao líder cubano Fidel Castro, morto na última sexta-feira, 25, aos 90 anos.

Nicolás Maduro, Evo Morales e Fidel Castro, em Cuba. - Sputnik Brasil
Mundo reage à morte de Fidel Castro
"O presidente da República, Abdelaziz Bouteflika, decretou neste sábado luto nacional de oito dias a partir de domingo, 27 de novembro de 2016, na sequência da morte do ex-chefe de Estado de Cuba, Fidel Castro Ruz, líder da Revolução Cubana", diz o comunicado divulgado pelo governo argelino, reproduzido pelo Serviço de Imprensa da Argélia. 

Em mensagem ao presidente Raúl Castro, Bouteflika expressou condolências aos familiares de Fidel Castro e a todos os cubanos, afirmando que a morte do líder era uma grande perda também para a Argélia.

"Com sua morte, eu estou pessoalmente perdendo um amigo e um companheiro há mais de 50 anos. Também é uma grande perda para o povo argelino, que tem uma relação particular com o Comandante, feita de respeito, admiração e afeto mútuo". 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала