Polônia expõe condições para melhorar suas relações com a Rússia

Nos siga noTelegram
O ministro das Relações Exteriores da Polônia, Witold Waszczykowski, listou uma série de condições pelas quais Varsóvia estaria disposta a melhorar suas relações com Moscou.

Na semana passada, ao receber credenciais de novos embaixadores, incluindo o embaixador da Polônia, Vladimir Putin declarou que a Rússia está pronta para "restaurar o diálogo político com Varsóvia com base no respeito e pragmatismo mútuos". O líder russo destacou que, por sua vez, "fará todos os esforços para alcançar esse objetivo".

Diante de declarações tão promissoras, a resposta da Polônia não se fez esperar.

"Estou de acordo com suas intenções, mas, da minha parte, gostaria de enfatizar a palavra "mútuo". Se a Rússia espera pelos nossos respeito e o pragmatismo, esperamos o mesmo do Kremlin. Se Putin diz que está disposto a fazer todo o possível… Pois eu digo, não são necessários grandes esforços, basta devolver os destroços [do avião polonês Tu-154 que caiu na Rússia] e anular as sanções econômicas impostas à Polônia por Moscou" – disse Waszczykowski em entrevista à agência PAP.

Bandeira polonesa em Varsóvia - Sputnik Brasil
Ex-embaixadora da Polônia revela quais mitos arruínam relações com Rússia
Ao mencionar os "destroços", Waszczykowski se referiu aos fragmentos do avião Tu-154, que caiu na Rússia em abril de 2010, matando uma delegação de altos políticos da Polônia, incluindo o presidente daquele país. À época, o porta-voz do comitê russo responsável pelas investigação do acidente, Vladimir Markin, disse que, pela lei internacional, os destroços não poderiam ser entregue à Polônia sem que as investigações estivessem concluídas na Rússia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала