Política externa de Trump pode ser chefiada por diplomata que defendeu jogar bomba no Irã

Nos siga noTelegram
Os principais candidatos para chefiar a diplomacia dos EUA na administração do presidente eleito Donald Trump são o ex-prefeito de Nova York, Rudolph Giuliani, e o ex-representante permanente do país na ONU, John Bolton, informou nesta segunda-feira a versão online do The Wall Street Journal.

Residentes de Latakia participam da manifestação para agradecer a Rússia pela ajuda na luta contra terroristas, Síria, novembro de 2015 - Sputnik Brasil
Putin e Trump abordam tema da Síria e do terrorismo em conversa inédita
“Segundo duas fontes, relacionadas ao processo, os conselheiros de Trump estão focados em Giuliani e em Bolton como em dois candidatos principais para o cargo do próximo secretário de Estado”, escreveu a publicação. Segundo os dados do jornal, “a decisão pode ser tomada em algumas semanas”.

The Wall Street Journal destaca que para o presidente Trump esta será “uma escolha entre um amigo de longa data e aliado em Nova York, Giuliani, e um diplomata conservador militante, Bolton, que no ano passado defendeu jogar uma bomba no Irã”.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала