Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

México prepara 'muro financeiro' para o caso da vitória de Trump

© East News / Eduardo Verdugo/AP/MXEV111Emigrantes da América Central atravessando a fronteira do México com os Estados Unidos
Emigrantes da América Central atravessando a fronteira do México com os Estados Unidos - Sputnik Brasil
Nos siga no
O México está planejando construir um 'muro financeiro' para equilibrar os efeitos negativos de uma possível vitória de Donald Trump, candidato republicano à presidência dos EUA.

A possibilidade de Trump ganhar e de ele implementar a sua promessa de construir um muro ao longo da fronteira, bem como revisar os termos dos acordos comerciais entre o México e os EUA, afeta o valor do peso mexicano, relata a agência de notícias Bloomberg

Donald Trump e Hillary Clinton antes do primeiro debate presidencial na Universidade de Hofstra - Sputnik Brasil
Hillary e Trump, quem é mais perigoso para a América Latina?
No decorrer deste ano, o peso perdeu 11% do seu valor, tornando-se a segunda moeda no mundo que mais se desvalorizou em relação ao dólar, de acordo com a Bloomberg. A moeda que mais perdeu ao longo deste ano foi a libra britânica, após o triunfo do Brexit.

Neste contexto, o Banco Central e o Ministério das Finanças do México estão desenvolvendo um plano de contingência para o futuro mais próximo, cujos pontos, no entanto, não são divulgados. 

"Esperamos não ter que implementar esse plano", disse o presidente do Banco Central mexicano Agustin Carstens, que chamou o candidato republicano Donald Trump de "furacão" para a economia mexicana, em entrevista à Milenio TV.

Medidas possíveis

Carlos Alderete, especialista do Grupo Financeiro Banorte SAB, estudou para a Bloomberg alguns mecanismos que poderiam ser usados pelas autoridades financeiras mexicanas para parar a queda do peso.

1.) A primeira opção é aumentar consideravelmente a taxa de juros em 100 ou 150 pontos base;

2.) Uma medida adicional poderia ser uma nova redução das despesas públicas;

3.) Recorrer aos empréstimos flexíveis do Fundo Monetário Internacional (FMI);

4.) Comprar obrigações de longo prazo para introduzir mais liquidez no mercado;

5.) A Comissão de Câmbio poderia vender suas opções para comprar mais dólares;

6.) Finalmente, o México poderia estabelecer com a Reserva Federal dos EUA linhas de swap de liquidez em dólares para garantir a disponibilidade.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала