Gases intestinais quase matam paciente durante operação

© AP Photo / Jens MeyerA demonstração, em 10 de agosto de 2007, de um laser para fins urológicos alemão
A demonstração, em 10 de agosto de 2007, de um laser para fins urológicos alemão - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os gases intestinais de uma paciente causaram incêndio em um hospital universitário de Tokyo.

Ahd Al-Khaderi, menina síria que sofreu de incêndio e foi objeto de propaganda antes do incêndio - Sputnik Brasil
Menina síria ferida em incêndio sofreu mais da mídia ocidental de que do próprio fogo
De acordo com o jornal Asahi Simbun, a paciente, de 30 anos, foi submetida a uma operação que incluía o uso de laser na região do colo de útero. De repente, ela sentiu a necessidade de liberar gases.

Como não havia nenhum objeto inflamável na sala de operação naquele momento, a versão defendida por especialistas é que o laser, utilizado durante a operação, provocou a combustão do gás intestinal da mulher.

"Quando o gás intestinal da paciente vazou no espaço da sala de operação, o próprio se acendeu pela irradiação do laser, e a combustão saiu, atingindo o pano cirúrgico e provocando o incêndio", diz o relatório.

O fogo queimou o corpo da paciente na região da barriga e das pernas.

O incidente ocorreu em 15 de abril, mas a comissão independente de investigação apresentou o seu relatório só no final da semana passada.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала