Ucrânia se opõe a participação russa em missão da OSCE em Donbass

© Sputnik / Sergei Averin / Abrir o banco de imagensObservadores da OSCE em Donetsk
Observadores da OSCE em Donetsk - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Ucrânia não quer a presença da Rússia em uma possível missão armada da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) na região de Donbass, segundo afirmou nesta quinta-feira o ministro ucraniano das Relações Exteriores, Pavel Klimkin.

23º comboio de ajuda humanitária russa para Donbass - Sputnik Brasil
Rússia envia novo comboio de ajuda humanitária para a Ucrânia
"Hoje, eu advogo consistentemente para que representantes russos não participem dessa missão policial", disse o chanceler em entrevista ao canal de TV nacional 24 Telekanal.

Após uma maratona de conversas com os líderes de Alemanha, França e Rússia em Berlim na última semana, o presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko, alegou que Moscou havia concordado sobre a necessidade de se instalar uma missão armada da OSCE em Donetsk e Lugansk e que esperava que a questão fosse levada à organização pelas autoridades alemãs. No entanto, logo em seguida, a Rússia disse que isso era uma invenção ucraniana e que não havia pré-requisitos para a manobra.

De acordo com Klimkin, ainda não há um acordo sobre o formato dessa missão em Donbass, sendo certo apenas que os seus integrantes estarão armados. 

"Sobre nós termos um componente armado, realmente houve um acordo em Berlim e eu posso confirmar isso", disse ele. "Estamos todos cientes de que, no momento, não há consenso sobre o formato da futura missão", acrescentou, destacando que esse assunto voltará a ser debatido em um encontro em Viena.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала