Senador: Rússia e Síria não vão demorar a assinar acordo sobre base militar de Tartus

© Sputnik / Grigory Sysoev / Abrir o banco de imagensMarinheiros do cruzador de mísseis pesado russo Pyotr Veliky durante a estadia do navio no porto de Tartus, Síria (foto de arquivo)
Marinheiros do cruzador de mísseis pesado russo Pyotr Veliky durante a estadia do navio no porto de Tartus, Síria (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Rússia e a Síria não pretendem esperar por muito tempo para assinar o acordo sobre a base militar da Marinha russa na cidade síria de Tartus.

O respectivo anúncio foi feito pelo o chefe do Comitê de Defesa e Segurança do Conselho da Federação da Rússia (câmara alta do parlamento russo), Viktor Ozerov, durante uma coletiva de imprensa na agência Rossiya Segodnya.

Marinheiros do cruzador de mísseis pesado russo Pyotr Veliky durante a estadia do navio no porto de Tartus, Síria (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Como Rússia pode usar base militar em Tartus, Síria
Na semana passada, o Ministério da Defesa russo anunciou a intenção de criar uma base militar naval em Tartus, cidade síria. A respectiva documentação já está pronta e passa pelos trâmites necessários de aprovação, informou o vice-ministro da Defesa russo, Nikolai Pankov.

Ozerov disse ser pouco provável que a parte russa demore muito com o acordo, mas não especificou o prazo concreto da assinatura do documento.

Anteriormente, o especialista em questões militares, Igor Korotchenko, informou que a base de Tartus permitirá criar novas posições geopolíticas e defender interesses da Rússia na região do Oriente Médio.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала