Bagdá: Ofensiva para libertar Mossul acontece mais rapidamente do que o esperado

© REUTERS / Azad LashkariPeshmerga (unidades armadas dos curdos iraquianos) se aproxima a Mossul do leste, em 17 de outubro de 2016
Peshmerga (unidades armadas dos curdos iraquianos) se aproxima a Mossul do leste, em 17 de outubro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As forças iraquianas estão fazendo um progresso inesperadamente rápido em direção à cidade de Mossul para libertá-la do controle do grupo terrorista Daesh. Quem afirma é o porta-voz do primeiro-ministro iraquiano.

"A velocidade com que as forças iraquianas estão se movendo excede as expectativas dos comandantes" disse o Saad Hadithi à agência RIA Novosti.  

O porta-voz destacou que o governo iraquiano tomou todas as precauções necessárias para garantir a segurança dos civis de Mossul durante a operação antiterrorista. 

Forças iraquianas na área de al-Shourah, a 45 quilómetros da cidade de Mossul, avançando em direção à cidade, 17 de outubro de 2016 - Sputnik Brasil
Pentágono acha que Daesh fugiu da cidade iraquiana de Mossul
"Muito antes do início da operação, o governo tomou medidas militares e humanitárias para que os civis não sofram durante a operação militar em Mossul", disse Hadithi.

Em 17 de outubro, o primeiro-ministro iraquiano, Haider al-Abadi, anunciou o início de uma operação militar para retomar a cidade de Mossul do controle do Daesh (proibido na Rússia).

Mossul, considerada a segunda maior cidade do Iraque, tem cerca de 700 mil habitantes. O exército iraquiano, milícias xiitas e curdas, apoiados pela força aérea da coalizão internacional liderada pelos EUA, tentam, desde o mês de março, libertar a cidade do Daesh, ocupada desde junho de 2014.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала