Turquia cria seu próprio projeto de defesa antimíssil sem acordo com Rússia

© Foto / Wikipedia/Glenn FawcettSistemas de lançadores de mísseis no sudeste da Turquia
Sistemas de lançadores de mísseis no sudeste da Turquia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Turquia pretende desenvolver um projeto nacional de defesa antimíssil, mas tais planos não foram acordados com a Rússia, informou o secretário de Estado para a Indústria de Defesa da Turquia Ismail Demir.

Na segunda-feira, após as negociações com seu homólogo turco Recep Tayyip Erdogan, o presidente russo Vladimir Putin declarou que Moscou está pronta para cooperar com a Turquia na área técnica militar, inclusive em grandes projetos.

Em 27 de junho de 2016, o primeiro-ministro da Turquia, Binali Yildirim (na foto) se dirigiu à imprensa em Ancara falando, entre outras coisas, de Alparslan Celik, acusado de ter matado o piloto russo Oleg Peshkov no final de 2015 - Sputnik Brasil
Turquia quer unir Rússia, EUA e Irã na Síria (EXCLUSIVA COM PREMIÊ TURCO)
Segundo a mídia turca, que cita uma fonte diplomática, a Turquia poderá examinar a proposta russa para o desenvolvimento de um sistema de defesa antimíssil.

Segundo Demir, "não há acordo com a Rússia para um sistema de defesa antimíssil e isso não faz parte da agenda".

Ele acrescentou que "está sendo discutida a cooperação geral com a Rússia na área da defesa".

"A Turquia está desenvolvendo seu próprio sistema de defesa antimíssil. Durante esse processo anunciámos um concurso do qual participaram vários países. Agora estamos seguindo nesta direção", informou Demir em entrevista à agência Anadolu.

Militantes do Daesh na fronteira Síria-Iraque (arquivo) - Sputnik Brasil
Rússia pode ajudar a melhorar relações entre Turquia e Iraque
Em 2009, a Turquia anunciou a licitação para compra de componentes para o sistema de defesa antimíssil no valor de quatro bilhões de dólares. A empresa chinesa CPMIEC, que se ofereceu para produzir uma parte dos sistemas antimísseis na Turquia, se tornou vencedora do concurso com o valor da transação proposto equivalente a 3,4 bilhões. Os rivais da CPMIEC foram os consórcios norte-americano Raytheon & Lockheed Martin, franco-italiano Eurosam e o russo Rosoboronexport.

Devido à vitória da China na licitação, a Turquia foi sujeita a pressões por parte dos seus aliados da OTAN.

Em novembro do ano passado, a Turquia cancelou a licitação para fabricação de componentes do sistema de defesa antimíssil após decidir desenvolver seu próprio projeto nacional.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала