Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Rússia e EUA, apesar das divergências, poderão voar na Síria em segurança

Nos siga no
As dificuldades nas negociações entre a Rússia e os EUA para uma solução pacífica do conflito na Síria não afetam a realização do memorando sobre segurança de voos, disse à Sputnik o representante do Departamento de Estado, Mark Toner.

Sergei Lavrov e John Kerry em Viena - Sputnik Brasil
EUA ameaçam congelar cooperação com a Rússia na Síria
“A zona de segurança permanece, porque isso é importante. Isso (as dificuldades nas negociações — red.) não influenciam (no memorando —red.)”, respondeu Toner à pergunta da agência Sputnik sobre se o memorando entre os militares dos dois países continua em vigor, mesmo no caso de não se chegar a um acordo sobre Síria. 

Na quarta-feira, o Departamento de Estado dos EUA informou que o secretário de Estado, John Kerry, disse ao ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, que pretende interromper a cooperação com a Rússia na Síria, se a Rússia não adotar medidas para a restauração do cessar-fogo no país do árabe. 

O memorando de entendimento para prevenção de incidentes e garantia de segurança dos voos no âmbito da realização de operações no espaço aéreo da Síria foi assinado por militares da Rússia e dos EUA e entrou em vigor no dia 20 de outubro de 2015.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала