Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Crimeia agradece à Ucrânia pelo bloqueio alimentar

© Sputnik / Sergey MalgavkoCampo de plantação próximo ao vilarejo Konstantinovka, região de Simferopol, Crimeia
Campo de plantação próximo ao vilarejo Konstantinovka, região de Simferopol, Crimeia - Sputnik Brasil
Nos siga no
O primeiro vice-premiê da Crimeia Mikhail Sheremet afirmou que o ano do bloqueio alimentar ucraniano estimulou muito a agricultura na península.

Na véspera, a organização Majlis dos tártaros da Crimeia organizou uma marcha na fronteira entre a Ucrânia e Crimeia, comemorando um ano do bloqueio alimentar.

"Estou grato por este bloqueio porque conseguimos reorientar em prazos reduzidos o nosso negócio para a Rússia, mais do que isso, começámos desenvolvendo a agricultura e a indústria, que avançou muito graças ao assim chamado bloqueio", disse Sheremet à RIA Novosti.

Navios de guerra russos abrem fogo durante as celebrações do Dia da Marinha em Sevastopol, Crimeia. - Sputnik Brasil
Empresários alemães pretendem investir mais de 250 milhões de euros na Crimeia
Segundo ele, os organizadores do bloqueio atingiram só uma coisa – eliminaram a agricultura das regiões ucranianas vizinhas à Crimeia, que tradicionalmente forneciam para lá frutos e legumes. 

"Hoje temos jardins lindos, temos recorde de colheitas. Tivemos de parar com tais setores da agricultura como arroz e milho, que requeriam muita água, mas outras culturas dão colheitas recorde", destacou Sheremet.

Em 20 de setembro de 2015, ativistas do movimento extremista Setor de Direita e outras organizações nacionalistas ucranianas bloquearam o fornecimento de alimentos para a Crimeia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала