Chanceler russo diz que Pyongyang deve abandonar seu programa nuclear

© REUTERS / Carlo AllegriMinistro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, na Assembleia Geral da ONU
Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, na Assembleia Geral da ONU - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, declarou nesta sexta-feira (23) que Pyongyang deve abir mão do seu programa nuclear e parar com ações que violam resoluções do Conselho de Segurança da ONU.

Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov - Sputnik Brasil
Lavrov discursa na 71ª Assembleia Geral da ONU
O chanceler russo também observou que "os EUA não devem explorar a situação na Península Coreana para implantar na Ásia o próximo sistema de defesa global antimísseis". 

"As recentes ações da Coreia do Norte que violam resoluções do Conselho de Segurança da ONU deve ser interrompidas. Pedimos que Pyongyang abandone os programas nucleares e de mísseis e retorne ao regime do Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares", disse Lavrov na Assembléia Geral da ONU. 

Segundo ele, "ao mesmo tempo é inaceitável usar esta situação como um pretexto para a militarização maciça do nordeste da Ásia, implantando na região o próximo sistema de defesa antimísseis global dos EUA".

"Todas as partes devem abster-se de uma nova escalada, embarcando em uma solução política e diplomática para a questão nuclear na península coreana através da retomada das negociações de seis partes", disse Lavrov.


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала