Governo russo busca métodos para decodificação de tráfego da Internet em tempo real

Nos siga noTelegram
Representantes de várias instituições do governo russo estão procurando oportunidades para decodificar em tempo real o tráfego da Internet coletado no âmbito da nova lei antiterrorista, informou a mídia local nesta quarta-feira (21).

De acordo com as leis aprovadas em junho, os provedores de telecomunicações da Rússia serão obrigados a guardar todos os dados de usuários durante pelo menos seis meses. A respetiva lei entra em vigor em julho de 2018.

Exercícios antiterroristas na cidade russa de Kaliningrado - Sputnik Brasil
Cinco métodos russos de combater o terrorismo doméstico que a Europa poderia aprender
Segundo o jornal russo Kommersant, funcionários do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB), Ministério das Comunicações e Ministério de Indústria e Comércio vão tentar decifrar o tráfego para poder procurar palavras como "bomba" em tempo real.

Enquanto o FSB está a favor da ideia de decodificação de todas as informações em tempo real, os ministérios acima mencionados sugerem realizar o procedimento apenas em fontes suspeitosas. 

Vários países do mundo têm reforçado suas medidas de segurança após uma série de ataques terroristas, como os de Paris, Nice e Bruxelas e por causa da violência, e atentados suicidas nas regiões que estão enfrentando crise.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала