Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Onde isto vai parar? Símbolos terroristas em venda livre em Berlim

© AP Photo / Emrah GurelSímbolos do Daesh
Símbolos do Daesh - Sputnik Brasil
Nos siga no
A imigração em massa de muçulmanos acelera o reforço do Islã na Alemanha, onde as lojas que vendem burquínis estão frequentemente ligadas aos salafitas locais. Além disso, uma loja em Berlim está abertamente vendendo joias com emblemas do Daesh.

Homem algemado - Sputnik Brasil
Três homens presos na Alemanha queriam realizar missão de Daesh
Há uma loja em Berlim que vende abertamente produtos com os símbolos e emblemas do Daesh, eles imitam a bandeira do Daesh nos seus produtos, segundo disse o especialista em Islã Abdel Hakim Ourghi à Sputnik Alemanha.

"É evidente que a estrutura da propaganda salafita consiste em todas essas coisas. Estas lojas vendem mercadorias com símbolos extremistas, com inscrições e cores dos terroristas. Uma dessas lojas fica na rua Flughafenstrasse, no bairro de Neukolln (Berlim). Aí se pode comprar um anel preto com a imagem do Daesh. Será que é propaganda do extremismo islâmico?", disse o interlocutor da agência. 

O que é mais preocupante, é que esta loja fica perto duma mesquita, o que é perigoso devido às tentativas de recrutamento de jovens muçulmanos que já estão integrados na sociedade alemã.

Soldados alemães durante exercícios em Neustadt am Ruebenberge, Alemanha, junho de 2016 - Sputnik Brasil
Alemanha envia 650 soldados para combater tráfico de armas do Daesh no Mediterrâneo
O analista sublinha que a loja vende nicabes para crianças de dois anos e, além disso, bonecas vestidas com nicabes.

"Isso não será uma manipulação política e salafita das crianças para concorrer com os valores ocidentais? (…) Não estaremos assistindo à criação de uma sociedade paralela?", pergunta Ourghi.  

Muitos analistas já advertiram sobre a islamização na Alemanha. Há muitas pessoas que estão considerando o Islã como uma ameaça para a sociedade alemã e acreditam que Islã é incompatível com os padrões da sociedade ocidental.

Analistas estimam que a radicalização na Alemanha surge por causa da propaganda eficaz das comunidades de salafitas, em particular nas redes sociais.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала