- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Temer vai para Assembleia da ONU e discutirá crise de refugiados, clima e comércio

© Lula Marques/AGPTMichel Temer
Michel Temer - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na próxima terça-feira (20), Michel Temer vai abrir a 71ª Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York (EUA). Na segunda viagem internacional, do presidente, Temer pretende participar de encontros com empresários e investidores estrangeiros.

Presidente do Brasil, Michel Temer, chega à apresentação do programa de investimento no Palácio do Planalto, 13 de setembro de 2016 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Opinião: Temer poderá usar ONU para vender Brasil por partes
Entre os compromissos Michel Temer vai participar de uma reunião de alto nível sobre a questão dos refugiados. O encontro foi convocado pelo secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon. Temer ainda deve participar de um encontro para tratar do Acordo de Paris sobre a mudança do clima. O Brasil, ao lado de Estados Unidos e China, é uma das três principais economias do mundo que já ratificaram o acordo.

Temer realizará encontros bilaterais com os presidentes da Nigéria, de Portugal e do Uruguai. Este será o primeiro encontro com o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, após mal estar entre os países. O Uruguai emitiu um comunicado criticando o impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff, considerando o ato como uma profunda injustiça. Recentemente, aconteceu novo abalo na relação entre Brasil e Uruguai, devido as discussões do comando do Mercosul.

Em divulgação do briefing da viagem de Temer para a ONU, o  embaixador Fernando Simas Magalhães, que é subsecretário-geral de Assuntos Políticos Multilaterais, Europa e América do Norte, disse que a importância da participação do Brasil na Assembléia da ONU, se deve ao forte compromisso do governo com o multilateralismo. Segundo o embaixador, esse é um preceito da Constituição brasileira e faz parte da identidade do país como nação democrática. 

O subsecretário-geral de Assuntos Políticos Multilaterais, Europa e América do Norte, ressaltou ainda os principais temas que Michel Temer deve discutir enquanto estiver em Nova York.

"Há certos temas chave que vão ser abordados. São temas prioritários para o Brasil na pauta internacional. O cenário econômico, o comércio internacional, mudança de clima, crise de refugiados, paz e segurança internacional, reforça de governança nas Nações Unidas, não apenas reforma do Conselho de Segurança, mas na forma de governança, de método de trabalho de forma mais ampla."

A assembleia da ONU será realizada entre os dias 20 e 26. A previsão é a de que Temer fique nos Estados Unidos de 19 a 21 de setembro. Este ano, o tema principal do debate geral da 71ª Assembleia-Geral da ONU, são “Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, o impulso universal para transformar nosso mundo”, sucedendo o tema de 2015 quando foi aprovada a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. 


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала